Microsiga

Como a Microsiga/TOTVS desenvolveu o software de gestão empresarial mais importante do mercado brasileiro

O nome Microsiga

O nome Microsiga está ligado à história da indústria de software no Brasil. E, também, está na origem do Protheus, o ERP da TOTVS, líder no Brasil e na América Latina.  Se você não sabe, essa história de empreendedorismo e tecnologia começa em 1983, quando Laércio Cosentino e o empresário Ernesto Hakerborn, criador da SIGA, enxergaram uma oportunidade na popularização dos computadores pessoais e fundam uma empresa de desenvolvimento de softwares de gestão empresarial voltada para pequenos e médios negócios, a Microsiga.

O que um ERP pode fazer por seu negócio

Um ERP é um sistema constituído por módulos de gerenciamento conectados. Esses módulos correspondem aos diferentes departamentos administrativos de uma empresa, e se comunicam entre si. São eles quem dão tratamento aos dados gerados pela organização nos processos administrativos e operacionais.

O resultado é mais capacidade de análise para uma gestão estratégica do negócio e maior controle sobre todas as fases de operação e produção dentro da empresa. Com um bom sistema de ERP e uma boa implementação, os setores da empresa atuam com maior sinergia e proximidade entre si.

Uma venda gera uma ordem de produção. Uma ordem de produção gera um pedido ao estoque ou ao setor de compras. A entrega do produto gera a emissão de uma nota fiscal, e o recebimento gera o registro contábil, permitindo melhor acompanhamento do fluxo de caixa, e assim por diante. As informações trafegam no ERP entre os diferentes setores, do Financeiro aos Recursos Humanos, sem interrupção.

Ao mesmo tempo, o acompanhamento de todas as informações e de todos os dados em tempo real permite uma visão mais precisa dos indicadores de performance e o controle total da operação em cada área. Isso aumenta a eficiência em todos os processos, reduzindo custos globais do negócio. Na prática, a empresa passa a funcionar como um sistema integrado e não como um conjunto de departamentos isolados.

New call-to-action

A história do sistema Microsiga

Em 1991, a Microsiga lança a primeira versão do sistema que viria a ser seu carro-chefe. O software se chamava Siga Advanced, e se diferenciava dos demais produtos da companhia, permitindo a personalização de formulários de acordo com as necessidades do cliente. Novas gerações do Siga Advanced se sucederam, consolidando a companhia no mercado interno.

Com uma base solidificada, a Microsiga dá início a seu processo de internacionalização, ao abrir uma filial na Argentina, com atuação independente da matriz. Técnicos argentinos foram capacitados para atender a demanda do mercado em seu país, o que permitiu melhor comunicação com parceiros e clientes locais. Com o apoio da filial Argentina, a Microsiga começa, então, a abrir franquias em outros mercados, como Chile, Paraguai e Uruguai, tornado pouco a pouco, a empresa brasileira um grande player em sistemas de gestão empresarial também na América Latina.

Nesse meio tempo, a Microsiga tomava fôlego. Em 1999, o fundo de investimentos norte-americano Advent International Corporation compra 25% das ações da companhia. A entrada de capital fortalece a empresa e profissionaliza ainda mais a gestão e os processos da Microsiga, o que foi fundamental para consolidar a liderança no mercado brasileiro e dar impulso à expansão internacional.

O ano de 1999 marcaria também o surgimento da 5ª geração do Siga Advanced, o Microsiga Advanced Protheus, incorporando processos por departamento. O sistema ganharia fôlego em sucessivos releases nos anos seguintes, consolidando a liderança da solução no segmento de ERP. Mas o que está por trás desse sucesso?

As características do Protheus

Algumas características importantes fizeram do ERP Microsiga Protheus um sucesso. Os módulos do programa podiam ser executados em computadores diferentes, balanceando a carga de rede da empresa e otimizando a infraestrutura de tecnologia, graças a sua configuração de servidores, clientes, aplicações e bancos de dados. Além disso, a solução contava com uma linguagem própria, a Advanced Protheus Language (ADVPL), que permitia configurar o sistema conforme as necessidades de negócios de cada cliente.

Com versões cada vez mais versáteis e robustas, o sistema continuava a evoluir. Nesse meio tempo, a Microsiga daria lugar a uma nova marca, em 2006: TOTVS. À essa altura, o ERP Microsiga Protheus já era o principal produto da companhia, que viria a se tornar a sexta maior empresa de software de gestão empresarial do mundo.

Hoje, conhecido mais pelo nome Protheus, o programa ganha, a cada release, novas funcionalidades, e melhorias de performance e eficiência. Atualmente, o sistema conta com o AppServer Lobo Guará, desenvolvido para uso em sistemas 64 bits, com performance superior, e com linguagem TL++, desenvolvida pela TOTVS como sucessora da antiga ADVPL, tornando mais fácil a customização e o desenvolvimento de aplicações na plataforma do sistema.

Além disso, o Microsiga Protheus foi berço de uma série de soluções especialistas voltadas para segmentos específicos de negócios, como varejo, logística e manufatura, por exemplo.

Com uma base de 30 mil clientes, o sistema de gestão empresarial Protheus, antigo Microsiga da TOTVS, continua a ser o melhor ERP do Brasil. Por isso, não perca tempo para colocar sua empresa em sintonia com as inovações tecnológicas que estão revolucionando o mundo dos negócios. Clique aqui e saiba como aproveitar todas essas vantagens.

Nova call to action